Ainda tenho desejos de você
Rachel dos Santos Dias

Ainda tenho desejos de você
Como se não tivesse passado tanto tempo!
Próximo, arde o fogo, queima minha pele,
aflorando insensato sentimento.

A culpa não é sua. Antes fosse!
Meus sentires que vêm do amor à vida
É que estão sempre a lembrar com emoção
Imagem sempre viva e sentida.

Fico, assim, escrava do meu corpo
A sufocar o que brota de repente,
Como lava acesa de um vulcão.

Então, escrevo. Tento exaurir esta vontade
Em forma de poemas de saudade,
Do que não fez parte o coração.

Respeite os Direitos Autorais
Mantenha sempre a Autoria.