APENAS VENHA
Rachel dos Santos Dias


Se quiser vir para meu lado
E alguma coisa tolher o seu caminho
Pense bem nos momentos de outrora
Em que o afeto fiel foi nosso ninho.

Se seus sonhos teimarem em vir junto
Prometo que ficaremos a sonhar
Banharei seus pés e curarei feridas
Pelas pedras que teve que pisar. 

Jamais questionarei seus atos.
Há um mundo de coisas a serem ditas
Mas guardarei silêncio, se assim quiser
Lembrar, às vezes, só nos traz desdita.

Não se envergonhe se estiver desnudo
Com a alma e o coração a descoberto:
Somente verei a sua essência
Só os olhos da alma estarão abertos.

Contudo, se quiser contar a sua dor
Enxugarei as lágrimas doloridas
Que correrão pelo seu rosto
Farei você esquecer as mágoas tão sentidas.

Então, sem condições e sem motivo
Não deixe que se perca porta afora
O tempo que passa. Não demora.
Faça de mim a companhia amena
Mas suplico, não tarde, esqueça tudo o mais,
Apenas venha. 

  Respeite os Direitos Autorais
Mantendo sempre o nome do Autor. 

 

 

 

Web designer Ana Amélia Donádio
Página editada em 12/12/2005
®DireitosAutorais
Gráfico By Tina Heart