A SAUDADE
Walter Pereira Pimentel

Saudade! Onde começa e termina? 
Depois do amor, na cama? 
Na despedida, quando alguém diz que nos amas 
Ou afogada num copo de bar, na esquina? 




Eu a sinto na mesma proporção em que amo. 
Seu começo, seu fim 
Acontecem dentro de mim, 
Até consigo vê-la, em cada lágrima que derramo! 



Chega sempre do mesmo jeito, 
Sorrateiramente invade e toma conta do peito, 
Altera o sorriso, entristece o olhar! 



Desarruma planos, desejos 
Faz sonhar com o roçar de corpos...carinhos...beijos... 
Saudade, que me leva a pensar em ti, te desejar! 


 

 

Romantic Home/Web designer Ana Amélia Donádio
Página reeditada em 30/05/2004
®DireitosAutoraisReservados©