A TUA ESPERA
 Cleide Canton Garcia


Sons delicados de mil violinos
espalhando ternura imensa no ar
misturam-se ao suave perfume 
que coloquei
só para te esperar!

Com as cortinas cerradas, deixo abertas as janelas
para o frescor da noite envolver meus desejos...
Todo o cuidado é pouco e nada vai faltar:
esta noite reservei
só para te amar!



Velas acesas, tênue luz a brincar
com meus pensamentos que dengosos te chamam.
Vem, não demores, apressa teus passos...
Hoje preparei para ti
o melhor dos meus abraços!

Permito-me embalar pela doce emoção
de te sentir tão somente meu, tão próximo
que meu peito por ti brada e reclama,
pois sente que se acende
uma nova chama!



Brindemos à vida outrora esquecida
nos rumos traçados sem tanta emoção.
Brindemos ao acaso, ao antes, ao depois!
Brindemos ao que a vida reservou
para nós dois!

Vem correndo, amor! Nada mais nos separa!
Não temos passado, o futuro nos saúda,
e esta noite, te prometo, todos os sonhos realizar.
Vem, amor!
Estou pronta para te amar!

Visite o site da Autora:
Página poética de Cleide Canton

 

 

 

Romantic Home / Web Design Ana Amélia Donádio.
Página editada em 10/12/2002.
®DireitosAutoraisReservados©