Braços de anjo
Zuleides Andrade


Misturo cores, sons e suavidade 
A imaginar tão bela criatura 
Que neste tempo rumo à eternidade 
Vem proteger-me com fiel brandura. 

Em tuas vestes feitas só de luz 
Quisera ver-te, ó meu anjo lindo, 
A mão segura que a mim conduz 
E tua imagem para mim sorrindo. 

Quando a missão já estiver cumprida 
E os meus dias chegarem ao fim 
Verei teu rosto angelical sem véu. 

Fechando os olhos a esta humana vida. 
Sorrindo, então, eu dormirei e assim 
Nos braços teus eu voltarei ao Céu. 



Conheça um pouco mais sobre a Autora:
Ir. Zuleides
 Apóstolas on line

 Respeite os Direitos Autorais
Mantendo sempre o nome do Autor.

 

 

 

 Copie o código para colar no scrap do Orkut
 

Web designer Ana Amélia Donádio
Página editada em 02/05/2006
®DireitosAutoraisReservados©