Ainda lhe mato
Ana Amélia Donádio

Se você está pensando 
que vai conseguir me atingir,
pode  tirar o cavalinho da chuva
pois não vai conseguir.



Não me coloque contra a parede.
Isso comigo não vai funcionar.
Conheço de longe a sua maldade
e não deixarei você me machucar.



Já cansei de sofrer nas suas mãos,
mais hei de sobreviver a esta situação.
Vai prá longe de mim, sai do meu pé.
Se toca, me esquece, xô chulé!



 Diz que está sempre com boas intenções
mas sempre acaba machucando muitos corações.



Para muitos se faz passar por boa gente
mas quem lhe conhece sabe o quanto você mente.



Desta vez  foi longe demais!
Usando de covardia atacou-me por trás.



Não pense que vou aceitar tudo calmamente
porque, de nós, você é carente. 



Para mim chega! 
Agora vou me vingar
e sentirei muito prazer no dia em que lhe matar:



SAUDADE BANDIDA!

"Respeite os Direitos Autorais"

 

 

 

Copie o código para colar no scrap do Orkut
 

 

Romantic Home/ Web designer Ana Amélia Donádio
®DireitosAutoraisReservados©