Corda de Carinho
Walter P. Pimentel

 


Corda de carinho
Walter Pereira Pimentel


Olhos a brilhar
Pés fora do chão
Descompasso no coração
Amor, beber até se embriagar...



Sonhar e deixar-se levar
Pelas mais loucas fantasias
Pensar em quem se quer, noite e dia
Nas nuvens, constantemente viajar...



Envolvimento e cumplicidade 
Sonhos de felicidade
A nortear todos os caminhos...



Assim é amar!
Alma e coração aprisionar, deixando-se atar
Por nós de ternura numa corda de carinho

- Respeite os Direitos Autorais -

 

 

Clique na imagem abaixo para enviar essa mensagem

 

 

Romantic Home/ Web designer Ana Amélia Donádio
Página editada em 10/02/2005.
®DireitosAutoraisReservados©