CORPOS ARDENTES
Autor: José Cardoso

Corpos carentes, sedentos de amor, 
de carícias, de afagos, de vida e calor.....
Corpos ardentes, de volúpias, de paixões,
 de prazeres, de gozos extasiantes.....
Bocas ávidas, unidas em um beijo prolongado, 
molhado e duradouro....



Corpos carentes, ausência, busca interminável,
 incessante e inquietante por algo, por alguém....
Corpos ardentes, suores a derramarem-se, 
murmúrios, gemidos, sussurros indescritíveis, inaudíveis....
Espasmos eletrizantes, descargas elétricas a 
percorrerem todos os poros, sensibilidade à flor da pele....



Corpos carentes, ansiedade, medo, sentimento de perda,
 dúvidas, perguntas a fazer sem que respostas se obtenha.....
Corpos ardentes, sensações alucinantes, 
arrepios da pele, toques sutis, envolvimento cúmplice 
de luxúria e prazeres carnais.....
Dois seres, duas vidas entrelaçadas,
 ligadas por um sentimento forte, 
tentador, delicioso e prazeroso.... 



Peças perfeitamente criadas para 
que uma a outra complemente, complete, agindo 
como engrenagens que se encaixam em harmonia....
Pensamentos voam, vagam, nada mais existindo senão, 
e tão somente aquele momento sublime, 
deliciosamente maravilhoso e mágico..... 
Vulcão ativo, labaredas de fogo a espalharem-se,
 orgasmos infinitos resultantes da entrega 
mútua e total entre dois corpos ardentes...

sgtcardoso@yahoo.com.br

 

 

 

Romantic Home / Web Design Ana Amélia Donádio.
Página editada em 06/09/2002.
®DireitosAutoraisReservados©