Frenesi
Giovânia Correia


Frenesi
Giovânia Correia

Chega sem avisar, invadindo o meu ser.
Seduz até meus caprichos,
 já não posso querer.
Envolve-me, e me deixa inebriada.
Faço seu jogo, e me torno sua aliada.

E nesse frenesi,
 nesse amor estonteante.
Cada vez mais quero você,
se possível a todo instante.
Deixo-me ser possuída,
 e te quero possuir.
Esqueço até do mundo,
também deixo de exisitir.



Não sei quem é caça,
nem quem é o caçador.
Só sei que nos entregamos,
nas armadilhas do amor.
E, por fim concretizamos,
a conjugação do verbo amar
Entre beijos e sussuros,
e tudo mais que se possa sonhar.



Visite o site da Autora
Sonhos e Emoções

Respeite os Direitos Autorais

 

Romantic Home/ Web designer Ana Amélia Donádio
Página editada em 15/03/2005.
®DireitosAutoraisReservados©