LUZ
Graça Cardoso

Em nossa passagem terrena,
muito pouco oferecemos,
pois nossa veste terrestre,
pedra bruta a ser lapidada.

Pouco sabe, pouco vê
Enxergamos só o momento,
nossa alma tem sede de saber
para em breve ao Senhor chegar.

Ah!! quanta vaidade, egoísmo e soberba!
Nada servem estes atributos,
Tudo em nós é transparente.
Aos olhos do Senhor,

O Amor, rios, pássaros,
Brisa suave, o sol que aquece,
Lua na noite escura.
Somatória de um belo mundo
Carente de união
De amor pelos irmãos

Ao Senhor, Luz divina
Governador de nosso planeta
Abre- nos uma porta
Para que a Centelha de Deus
Possa nela penetrar.


Visite o site da autora:
http://www.diamantepoesias.com

Clique na imagem abaixo para enviar esta mensagem

Romantic Home/ Web designer Ana Amélia Donádio
Página editada em 30/10/2003.
®DireitosAutoraisReservados©