MOMENTOS   
Autora: Fátima Irene Pinto

Há momentos na vida que temos que abrir mão 
de tudo que fazia sentido, 
das nossas verdades e do que reputávamos como 
sendo os nossos valores. Constatamos que eles se tornaram
 inúteis ao nosso crescimento,
 já fazem parte do passado e a vida,
 não se detém olhando para trás, antes, 
caminha para a frente, em busca de novos acontecimentos. 

Há momentos na vida que todas as vigas mestras 
que asseguravam a nossa sustentação vêm abaixo e a casa cai, 
independente da nossa tácita recusa ou inaceitação. 

Há momentos na vida que ficamos sem saber para onde ir, 
que nada consegue nos alegrar, motivar ou seduzir e, 
em compasso de espera, vamos assistindo a fragmentação 
das nossas estruturas, agora transformadas em quimeras. 

Nestes momentos ( que têm o peso de uma eternidade), 
nada nem ninguém pode fazer nada por nós ...
 estamos definitivamente vazios e sós, 
porque até a Natureza se cala
 e Deus perde a fala, indiferente ao nosso torpor. 

Em meio à dor, esmiuçamos o que sobrou de nós, 
remexemos entre os escombros e descobrimos 
que algo ainda não morreu. 

Tênue e frágil, lá está uma pequena centelha de esperança,
 aguardando uma virada do destino, que certamente nos surpreenderá
 com novas alegrias ... e com tantos outros desatinos. 
Momentos ...



 
           

Romantic Home / Web Design Ana Amélia Donádio.
Página editada em 02/01/2003.
®DireitosAutoraisReservados©