Nem dama nem vulgar,Apenas mulher
Daniel Fiuza

Já me decidi... 
Não me importa o que vestes 
Nem o que ostentas. 
Só quero vê teu decote 
Teu fricote 
Teu deboche 
A me provocar. 

Na sombra do teu corpo 
Vê tua transparência 
Tua aparência 
Tua experiência 
De seduzir. 
Meu carinho por ti 
É imenso 
É imerso 
É intenso 
É tudo que posso sentir. 

Sonho com a fenda do teu vestido 
Um rasgo de sensualidade 
Um trago de felicidade 
Prova da tua feminilidade 
No meu olhar curioso 
Desejoso 
Esperançoso... 
Cheio de malicia. 

Vivo-te nos meus versos 
Nas carícias tácteis 
Dispersas na tua pele 
Em desejos incontidos 
Nos sonhos adormecidos 
Eróticos coloridos 
Na magia do teu olhar. 

Afetuoso te espero 
Impetuoso me esmero 
Na sensual promessa tua 
De se expor em pêlo 
Provocante e linda 
Totalmente nua. 



domfiuza@ig.com.br

 

Romantic Home/ Web designer Ana Amélia Donádio
Página reeditada em 11/06/2003.
®DireitosAutoraisReservados©



Gráfico By Lilian Designs