Nó de Amor
Cora Maria


De repente apareces, sem recado, 
sem aviso ao meu coração 
para que eu me prepare 
diante da emoção.

Me tomas em tuas mãos 
de uma maneira 
que me colocas indefesa.

Me fazes tua presa.

Caio na armadilha de teu amor.
Prendes meu corpo em teu corpo 
como um nó apertado, 
fortemente entrelaçado.

Tuas mãos invadem meu corpo covarde 
Me sufocas com teus beijos.

Sem reagir, 
entregando-me sem resistir.
Me queimo em teu fogo 
e me deixo consumir
Corpos entrelaçados
Nó de amor, amado!

Visite o site da Autora:
Cora Maria


Respeite os Direitos Autorais
Mantenha sempre a Autoria.

 

 

 

 Copie o código para colar no scrap do Orkut
 

Web designer Ana Amélia Donádio
Página editada em 17/09/2007
®DireitosAutoraisReservados©

Gráfico By Ana Amélia Donadio
Imagem: Tubes Marcio C

Música de fundo: Sonho - Roupa Nova