Oásis
Michel H. Baruki


 


Oásis
Michel H. Baruki


Meus olhos fecham, sinto-te bem perto.
uma brisa me envolve num abraço,
sinto os seios, delícias do regaço,
um oásis que irriga meu deserto.

Calor que agora em mim está desperto.
Rendo-me ao poço, sinto teu mormaço,
revelas-te atraindo um ardente aço
co'anseos pra adentrar ao leito aberto.



Quando o templo da flor então enlaço,
teus gritos de paixão estão libertos,
e arrebenta-se em êxtase o compasso.

Orvalha com doçura nosso enxerto,
e na suavidade do teu laço,
o transe se consuma num aperto.

"Respeite os direitos Autorais"

 

Romantic Home/ Web designer Ana Amélia Donádio
Página editada em 05/07/2005.
®DireitosAutoraisReservados©



Gráfico Tina's Heart