Prece 
Marina Fairth


Senhor de toda a Luz
Hoje eu te peço pelos que não têm nome
Peço-te pelos que têm fome
Por aquele que está triste
Não sabendo que tudo existe
Pela Tua vontade tão sábia
E que quando tudo falha
O saber, o esforço, a vontade
E a desolação invade o ser cheio de pretensões
Estás, Senhor de força suprema
Dizendo que ele não tema
Que seja forte e paciente
Pois a dor que agora sente
É apenas um reparo, um preparo pra mudar
Algo dentro, algo fora
Pode não ser agora, mas o será certamente.



Mas a dor tudo confunde
Falta amor, falta alegria, sobra dor e agonia
E um "por que?" sem mais tamanho,
 um sentimento estranho
De extrema solidão...
Mas, estás aqui Senhor - aqui e em toda parte
Sofrendo, pois o mundo não te escuta
E vive na eterna luta entre o bem e o mal
Da qual só há uma saída - a fé que anda escondida
A oração e a certeza, que mesmo que esteja presa
Em cada coração resiste - a chama, a cruz, a paixão.
E uma rosa perfumada, que embora esteja plantada
Não vingou em todos nós.
E somente ao entregar-nos ela irá desabrochar
Após um longo caminho, após ferir-nos no espinho
Sangrar e purificar... e enfim, Te encontrar.

AMÉM



Do livro "Sentimentos"
Visite o site da Autora
Marina Fairth

 

Romantic Home/ Web designer Ana Amélia Donádio
Página editada em 16/11/2004.
®DireitosAutoraisReservados©