Promessa
José Carlos (Poeta Londrino)

  

PROMESSA
José Carlos
 (Poeta Londrino)


Eu sou aquele que, como tu,
traz a bagagem do tempo,
infindos sonhos recolhidos em tropeços
e prosaicas galhardias.

Eu sou aquele que, como tu, 
cultivou flores de um inefável amor
na alma açoitada pela razão.

Eu sou aquele que reconheceu teu canto
entre todas as mais belas melodias do universo,
que se iluminou de ti entre as luzes das estrelas.

Eu sou aquele, simplesmente aquele,
a quem nada deves... talvez a saudade...
a quem nada te prende... talvez a memória...

Eu sou aquele que te envolve 
com o véu encantado dos sentidos
e te ilumina com a luz inquietante dos sorrisos.

Eu sou aquele que habita o verde do teu porvir,
que vestiu o azul do teu olhar,
que ousou furtar a doirada riqueza de ti.

Eu sou aquele cujo corpo 
estremece à lembrança de ti,
que desesperadamente sussurra teu nome
desde os convulsos abismos do seu ser.

Eu sou aquele que te aconchega,
que insiste em te seguir por toda a parte,
que decifra pacientemente os teus mistérios.

Eu sou aquele que se perdeu em palavras vagas,
inglória luta entre o divino e o humano
no alucinado calor da paixão.

Eu sou aquele que nunca te deixará.
Mil vezes o negues, 
mil e uma repetirá que te ama.
Mil vezes te distancies,
mil e uma será vento a arrebatar recordações.

"Respeite os direitos Autorais"

 

Clique na imagem abaixo para enviar esta mensagem.

 

 

Romantic Home/ Web designer Ana Amélia Donádio
Página editada em 19/01/2005.
®DireitosAutoraisReservados©