Quem sabe amanhã?
Silvia Schmidt


Talvez amanhã eu não mais esteja aqui,
nada me garante que estarei 
e tudo o que houve ontem 
agora está no passado. 
Não posso prever o futuro
nem posso mudar o que passou.

Só tenho o momento presente. 
Devo usá-lo como se fosse o último,
vive-lo com Sabedoria porque logo
ele passará e estará perdido para sempre
lá num canto do passado.



Assim me disponho:
A aprender a compaixão,
a ajudar os caídos a se levantarem,
a ser um amigo diante da inimizade,
a preencher com amor vidas vazias.

As agressões que pratico hoje
talvez nunca mais possam ser corrigidas,
e os amigos que deixo de ganhar
talvez eu nunca mais ganhe.



Poderei não receber outra chance
de ajoelhar e agradecer
este momento presente.

Por isso me curvo diante de Deus 
e a Ele agradeço de todo o coração
O Dia de Hoje. 

Silvia Schmidt
*Humancat*
Trad/Adaptação de
~ Count your many blessings ~ 
Unknown
(Dir.Aut.Reserv.)
©1999


 
         
Romantic Home/ Web designer Ana Amélia Donádio
Página editada em 30/11/2003.
®DireitosAutoraisReservados©