SERENIDADE
Autor: Machado de Carlos



Estás no ponto de estourar?
Acalma a tua mente
Silencie para pensar
Esqueça as rusgas doentes.

Se o motivo é moléstia
No teu próprio corpo,
A falta de paz manifesta
Trará-lhe o pior esforço.




Se a enfermidade é a razão
Em pessoa querida
O abalo de coração
Não apagará a ferida.

Se, sofres prejuízos
A reclamação é uma bomba
Não percas o teu juízo
Se não outro caso se te ronda.




Qual seja a dificuldade
Conserve a tua calma
A tua serenidade
Será o teto de tu´alma!


machadodekarlos@uol.com.br

 

             
                              

Romantic Home / Web designer Ana Amélia Donádio
Página editada em 25/02/2003.
®DireitosAutoraisReservados©