TEU OLHAR
Autora: Cleide Canton Garcia


Perco-me na sintonia
quando os teus olhos fito.
Conheço o brilho,
percebo a ternura
mas desconheço o mistério
do teu olhar!

Lembro-me da primeira vez
que os vi parar em mim.
Numa explosão sem barreiras
quanta coisa linda
disseste sem falar!
Tudo vi, admirei,
senti e retribui.

Eles estavam tão próximos
que, discretamente,
lançaram sua rede,
fecharam o cerco
e eu me vi prisioneira
do teu olhar!
Deixei-me envolver sem lutar
pelo teu jeito de me fitar!


Ainda hoje, quando me olhas,
busco restos do antigo enlevo.
E quando os encontro
são, simplesmente,
loucuras de segundos!


Há muito mais para dizer
do que para olhar...
Há muito mais para pensar
do que para sonhar!...

Visite o site da Autora
Página Poética de Cleide Canton

 

 

 

          

Romantic Home / Web Design Ana Amélia Donádio
Página editada em 20/11/2002.
®DireitosAutoraisReservados