UM ALÔ
Walter Pereira Pimentel


Hoje me bateu aquela vontade
De conversar contigo, manifestar meus desejos
Dar-te um beijo
Matar a saudade!



Falar de mim
Ouvir a tua voz
Falar de nós
De tanta coisa, enfim!



Estou recorrendo ao telefone para te dar um alô
Um “oi”, tudo bem amor?
Se não puderes falar agora, depois chamo



Sinto falta da tua presença carinhosa
Do teu sorriso, da nossa prosa
Liguei apenas pra dizer: te amo!

 

Clique na imagem abaixo para enviar esta mensagem

 

 

Romantic Home/ Web designer Ana Amélia Donádio
Página editada em 03/01/2004.
®DireitosAutoraisReservados©